ELENA

ELENA
14 de setembro de 2016 Regina Pessoa

O coração telúrico fluxo do poder à emoção.
A transformação do espaço e o sentido da realidade encontram relação com a sensibilidade de uma artista que sente, modifica e regenera. Parabéns. Adorei.
Elena